Newsletter subscribe

Destaque, Tecnologia

Serviço de SMS ajuda a reduzir a mortalidade infantil no Quênia

Posted: 17 de fevereiro de 2015 às 11:08   /   by   /   comments (0)
IMTFI - em CC

IMTFI – em CC

A mortalidade infantil no Quênia está entre uma das mais altas do mundo: 59,26 óbitos para cada mil nascimentos. O sistema de saúde local é bastante precário, e muitas grávidas não têm acesso a um pré-natal, ou mesmo a consultas pediátricas após o nascimento da criança.

Para ajudar a reduzir este triste número, pais e agentes de saúde estão usando o TotoHealth, um sistema de envio de SMS. Ele é interligado a hospitais, maternidades e centros de saúde, e envia mensagens semanais para os pais dos recém-nascidos e mulheres grávidas com informações de saúde e cuidados necessário durante a gestação e pós-parto.

As mensagens de texto são personalizados para cada mãe, lembrando assim das datas de vacina, idas ao médico e próximos exames. O conteúdo das mensagens são relacionados ao monitoramento da gravidez, e os pais podem tirar dúvidas relacionadas à saúde da gestante e da criança. E caso necessite, o serviço pode orientar o encaminhamento para as unidades de saúde adequadas mais próximas.

Os SMSs são enviados para diferentes línguas, como inglês e swahili por exemplo (o Quênia tem, além da língua oficial, vários dialetos). As mensagens e as respostas são salvas em um banco de dados sobre a paciente, facilitando assim o acompanhamento dos profissionais de saúde.  A ideia é que o programa chegue também a outros países da África Oriental, como Somália.

Os usuários não pagam nada para receber as mensagens, as despesas ficam por conta do serviço de saúde, ou do Governo do Quênia. O serviço começou a funcionar em 2014, em Nairobi, e já atendeu mais de 6 mil pacientes em nove hospitais, enviando 133 mil mensagens de textos.

Comentários

comentarios

About Janaina Oliveira

Analista de Comunicação e Marketing, gosta de estudar sobre o mercado, as empresas e como elas podem inovar para fazer um mundo melhor.