Newsletter subscribe

Tecnologia

Impressora Braile com comando de voz

Impressora Braile
Posted: 14 de abril de 2017 às 12:16   /   by   /   comments (0)

Muitas pessoas cegas tem uma enorme dificuldade em anotar coisas em braile ao estudarem, levando muito tempo para escrever e dificultando o processo de aprendizagem. Um grupo de amigos se uniu para desenvolver uma solução para esse problema.

Claiton, aluno de um curso de informática, passa por essa situação. Quando criança, teve meningite e ficou cego. Mesmo assim, nunca deixou de querer estudar. Ingressou no curso de informática e, durante as aulas, anota o que o professor diz usando uma régua especial que o ajuda a escrever em braile fazendo pequenos furos correspondentes aos números e letras. São feitos quadrados de seis pequenos furos que variam em 63 combinações. Acompanhar a aula assim é difícil. Além de tomar muito tempo para escrever, prejudica Claiton em seus estudos.

Vendo a dificuldade dele, amigos de Claiton criaram uma impressora que imprime em Braile e funciona por comando de voz. Inicialmente, o grupo disposto a criar a impressora que ajudaria Claiton era composto por 20 pessoas. Os dias foram passando e os integrantes foram percebendo que este projeto era complicado. Com isso, o projeto foi abandonado por muitos, ficando apenas os mais insistentes.

O professor Rodrigo, o próprio Claiton, e seus dois amigos, Josiane e João continuaram o projeto e desenvolveram a impressora. O custo da máquina é baixo, R$ 200,00, pois uma impressora normal foi desmontada e teve suas peças reaproveitadas.

O grupo também desenvolveu um aplicativo capaz de transformar a voz em texto que será transcrito em braile pela impressora.

A invenção da impressora já foi premiada no passado, na Mostra Brasileira e Internacional de Ciência e Tecnologia. Agora, o grupo segue adiante em busca de um financiamento coletivo para dar continuidade e suporte ao projeto.

Para ajudar com os recursos necessário neste projeto ou entrar em contato para mais informações, converse com o professor Rodrigo pelo email [email protected]

Comentários

comentarios

Comments (0)

write a comment

Comment
Name E-mail Website